Os Marketplaces registam já 35% das compras online

compras online

Os consumidores preferem fazer as suas compras online nos grandes canais de vendas

 

Um crescimento inicialmente lento, mas que está a tomar o mundo. De acordo com o último relatório European Marketplaces 2023, 35% das compras online globalmente são feitas nestas grandes plataformas de vendas. Enquanto isso, apenas 12% acontecem no website de marcas específicas.

A proliferação de Marketplaces a nível mundial cresceu espantosos 500% desde 2007 e, segundo os dados do relatório, deve representar quase 60% das vendas online até 2027. Já na China, as vendas nos Marketplaces representam 80% do total das vendas do comércio eletrónico.

 

Qual é o segredo do sucesso dos Marketplaces?

Mas tamanho sucesso das grandes plataformas de vendas não é nenhum segredo: os Marketplaces funcionam como intermediários entre os consumidores e os vendedores, oferecendo inúmeras vantagens a ambos. Aqueles têm uma enorme oferta de produtos diversos num só sítio, e estes, por sua vez, poupam os custos e o tempo necessários para ter uma loja online e divulgar os produtos.

Somado a isto, o interesse nos Marketplaces tem também sido impulsionado por outros fatores: conveniência, preços competitivos, grande variedade de opções e até opções de entrega fáceis de gerenciar. Além disso, as plataformas têm a capacidade de também atuarem como “mecanismos de busca para compras”, o que facilita encontrar o que se busca e, ainda, comparar preços.

Nos últimos anos, as grandes plataformas evoluíram rapidamente, passando de novos canais de distribuição para verdadeiros centros comerciais online. Atualmente, são o formato mais bem-sucedido e utilizado no mundo do ecommerce.

 

Os Marketplaces estão entre os 100 maiores varejistas da Europa

Sem surpresa, se analisarmos os 100 maiores retalhistas europeus, 62% são Marketplaces. Consequentemente, 85% do tráfego registado de websites são visitas às grandes plataformas. Não por acaso, do ponto de vista do consumidor, os Marketplaces são a forma preferida de fazer compras online, uma vez que atraem a maior parte do tráfego do comércio eletrónico.

 

Grandes concorrentes, mas grandes vantagens

Mas, segundo o estudo, é preocupante para os retalhistas e marcas europeias o facto de a maioria destes Marketplaces estar sediada fora da Europa. Como mostra o relatório, 60% dos 100 maiores retalhistas da Europa por categoria e 78% por tráfego não estão sediados na Europa.

Isto porque os grandes players como Amazon, eBay e AliExpress estão sediados fora do continente, sendo os dois primeiros nos EUA e o último na China. Embora muitos mais Marketplaces estejam baseados na Europa, a maioria é relativamente pequena em comparação com estes três gigantes.

No entanto, se enumeradas todas as vantagens, vemos que quem quer estar no comércio eletrónico, sobretudo mundialmente ou transfronteiriço, precisa de estar nos Marketplaces. Principalmente, pelo grande alcance e maior visibilidade, já que estas plataformas possuem um grande público. Sobretudo, isto significa que os retalhistas têm acesso a um número muito maior de potenciais clientes do que numa loja virtual própria.

 

Agora pode vender em todos os grandes Marketplaces com um só registo. BIGhub!

A BIGsales é a sua oportunidade de atuar no comércio eletrónico de modo fácil e rápido.

Partilhe este artigo

Precisa de ajuda?

Conte connosco para tirar todas as suas dúvidas. Preencha o formulário com os seus dados e em breve entraremos em contacto: